terça-feira, 2 de novembro de 2010

Votação dos candidatos nos estados no segundo turno

Este ano, os canais de tv, sites, jornais e revistas se superaram na qualidade da apresentação dos dados das eleições. A qualidade dos mapas publicados na Folha de São Paulo e O Estado de São Paulo é realmente excelente. Nada a dever a coberturas do gênero feitas pelo New York Times, Wall Street Jornal e jornais europeus.
Veja, por exemplo, este excelente instrumento de consulta disponível no site da Folha de São Paulo. Nele, você pode, em segundos, conhecer o resultado das eleições em todos os municípios brasileiros.
Os dados publicados pela imprensa sempre consideram apenas os votos válidos. É natural que assim seja, pois os nulos e brancos são sempre excluídos da apuração, por conta das regras eleitorais. Mas para a análise do comportamento eleitoral é importante considerar também os votos brancos e nulos.
Por esta razão, prepararei um gráfico, onde é possível observar, em uma mesma página, a evolução do segundo turno nos 26 estados e no Distrito Federal. Apenas excluí os votos nulos e brancos da tela para facilitar a visualização. Os estados foram ordenados segundo a população.

Percentual de Votos do PT e do PSDB nos estados. Segundo turno das eleições de 2002, 2006 e 2010.



É possível identificar alguns dados interessantes:

1. Quando comparado a Ackmin (2006), Serra obteve mais votos (em pontos percentuais) em 24 estados; manteve-se no mesmo patamar em dois (São Paulo e Mato Grosso do Sul) e diminuiu apenas em um (Rio Grande do Sul).

2. Quando comparada a Lula (2006), Dilma obteve menos votos (em termos percentuais) em 25 estados; e aumentou apenas em dois (Rio Grande do Sul e Pernambuco).

3. As eleições foram bastante competitivas (menos de 10 pontos de diferença) em 12 estados (São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Pará, Goiás, Espírito Santo, Mato Grosso, Distrito federal, Alagoas, Mato Grosso do Sul, Sergipe e Rondônia). Nos outros 15, um dos dois candidatos abriu uma grande diferença sobre o outro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário